: : Inicio Perigos do Ministério Perda da intimidade com Deus






Perda da intimidade com Deus

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Ensinos - Perigos do Ministério
Escrito por João Nunes   

 

Toda a actividade espiritual de um pastor começa e permanece na sua comunhão com Deus, e é interrompida e até pode acabar quando o pastor despreza o seu tempo de intimidade com Deus.

 

Estar em Deus diariamente traz resultados evidentes, pois Jesus nos garante que se alguém estiver nele dará muito fruto ( João 15:5 ). Além de vivermos cada dia num espírito de oração onde estamos sempre conscientes da presença de Deus em nós, importa investirmos tempo na intimidade com a Palavra de Deus, na oração, no louvor e adoração por longos períodos, isso provocará um permanente refrigério espiritual no coração de um pastor, e como consequência, em tudo à sua volta e em tudo o que ele faz. È na intimidade com Deus que a sua Palavra adquire o estatuto de verdade capaz de produzir vida e libertar, por isso Jesus dizia aos Judeus que criam Nele, que se permanecessem na sua Palavra seriam verdadeiramente seus discípulos e conheceriam a verdade e ela os libertaria.

 

Permanecer na presença de Deus por longos períodos deixa marcas evidentes num Pastor, pois consegue ver o que para muitos é invisível, a sua ousadia quando fala a Palavra de Deus faz tremer aqueles que o ouvem e transporta-os para além dos seus limites, a unção de Deus é palpável na atmosfera das reuniões, sinais e maravilhas acompanham a pregação da Palavra de Deus, a pregação sobrevive ao momento da reunião e continua a originar sonhos, visões, mudanças de comportamento, verdadeira santificação durante a semana na vida do povo. A credibilidade do ministério pastoral é reforçada semana após semana, sucedem-se as salvações, aumenta o número dos que crêem todas as semanas, pois o povo acredita que todas as pessoas que trouxer à Igreja vão ser transformadas. Quem não quererá estar num culto para ouvir alguém que esteve com Deus ? Esse foi o motivo por que multidões deixavam as suas casas e o seu trabalho e acorriam ao deserto para ouvir João Baptista, a sua pregação não era muito simpática para as pessoas, começava e acabava com arrependimento , no entanto não o conseguiam largar nem se cansavam da sua mensagem, não tinham ar condicionado, não tinham cadeiras confortáveis, não havia marketing específico para cada Culto, existia apenas alguém que tinha estado com Deus, e na verdade só esses podem saciar a fome do povo de Deus.

 

Esse é o testemunho de Jesus Cristo, O qual passava longos períodos em comunhão com o Pai. Como resultado , cada dia era uma página viva da história do cristianismo , que lida e relida por gerações diferentes continua a produzir vida entre os homens.

 

A Intimidade com Deus será sempre um denominador comum entre todos os homens e mulheres de quem Deus se usa poderosamente.

 

A verdade é simples e sempre a mesma, estar com Deus, no entanto poucos são os que conseguem permanecer nela o tempo suficiente para conhecer Deus, amá-lo, servi-lo com paixão e testemunhá-lo com compaixão pelos perdidos em demonstração de poder.

 

Quando um pastor começa a colocar o seu tempo de comunhão com Deus em segundo plano, atrás das suas actividades, depois de atender a todas as situações que considera prioritárias e urgentes, acaba descobrindo que aquele a quem não foi prestada honra não se pôde manifestar como o seu Deus, aquele que não foi consultado não pôde mostrar a sua sabedoria, nem responder com poder e autoridade, nem renovar as suas forças.

 

Permanecer por longos períodos sem intimidade com Deus produz esterilidade espiritual, não há unção, nem paixão contagiante. Simplesmente não existe vida onde Deus não está.

 

Perde-se também o discernimento para diagnosticar correctamente o que se passa espiritualmente à nossa volta, e entre o povo de Deus, nomeadamente quais as necessidades que necessitam ser atendidas.

 

O pastor deixa de ter a consciência de estar ou não agradando a Deus naquilo que faz.

 

Fica também privado da sabedoria de Deus, perdendo muitas vezes o momento certo de agir (no tempo de Deus). Ou anda à frente de Deus ou atrás do que Deus já fez mas não consegue andar com Deus. Consegue com alguma facilidade falar de verdades que Deus já tenha dito, até consegue repetir mensagens que noutros tempos foram acompanhadas de grande mover de Deus, mas falha em falar do que Deus quer dizer naquele momento.

 

Porque a intimidade mantém o pastor ao colo de Deus, muito acima de todas as adversidades e astutas ciladas de Satanás, quando deixa de a ter, todos os problemas que antes eram ultrapassáveis agora se tornaram em gigantes intransponíveis, tudo parece mais perigoso, mais difícil e até impossível de sofrer, chegando mesmo a causar medo e ansiedade.

 

A vida de discípulo de Jesus é de natureza sobrenatural e só pode ser vivida na força e no poder sobrenatural de Deus.

 

Nunca saia do colo de Deus.

 

Ele já escolheu o caminho para o santificar, para o tornar semelhante a Ele, o caminho da intimidade com Deus.

 

Antes de conhecer Jesus o pastor não tinha domínio sobre o que acontecia na sua vida, agora que é pastor também não o tem , porém existe uma paz sobrenatural que o invade interiormente e faz a diferença entre esses dois momentos da sua vida. Agora a sua vida é dirigida por Deus, está ao serviço do Senhor da seara, daquele que amou o seu povo de forma inigualável dando a sua vida por ele ( João 10:11), daquele que tem bons pensamentos acerca dele (Jeremias 29:11), que nos promete revelar coisas grandes e firmes que não conhecemos (Jeremias 33:3), e tudo o que precisamos fazer é aquietarmo-nos e ouvirmos a sua voz, o que Ele lhe disser faça-o, a paixão que puser no seu coração viva-a, aquilo que Ele lhe revelar valorize, sempre que Deus atear um fogo no seu coração procure mais lenha e transforme-o num grande incêndio espiritual.

 

Tudo o que Deus tem para a vida de uma Igreja e para o ministério de um pastor está oculto em Deus à espera de ser desejado e procurado para se tornar sua possessão .

 

Por isso Jesus disse: "pedi e dar-se-vos-á; batei e abrir-se-vos-á; buscai e encontrareis".

 

Copyright©2012 Centro Cristão Vida Abundante - Federação. Todos os direitos reservados.
Webmaster Rebelosactivos

JoomlaTheme.net